Nesse post relataremos o que aconteceu em cada empresa aérea brasileira que voa para Porto Alegre no ano de 2016, enfocando suas operações em POA.

Fotos por João Machado

Avianca Brasil


Num ano de forte retração da economia brasileira, a Avianca Brasil foi a que menos sofreu. Na verdade, nesse ano a companhia aumentou suas operações em Porto Alegre. Ela manteve estável a oferta entre Porto Alegre e Guarulhos, com suas quatro operações diárias, e passou de um para dois os voos diários para o Rio de Janeiro (Galeão). Assim como no ano passado, as aeronaves que realizam os voos pra POA são os A320, com capacidade para 162 passageiros, salvo raras exceções.

E assim como no ano passado, a Avianca vem realizando as nacionalizações de suas novas aeronaves em Porto Alegre. Nesse ano, foram quatro, incluindo dois A320CEO (da geração antiga) e dois A320NEO.

Azul


A Azul, embora tenha sofrido as consequências da crise, não reduziu tanto suas operações em Porto Alegre quanto era de se esperar. Em termos de oferta, a maior redução foi no voo para Belo Horizonte (Confins), que de dez frequências semanais passou para cinco. Porém, esse ano a Azul ligou Porto Alegre a alguns novos destinos sem escalas. Cuiabá passou a ser ligada duas vezes por semana com os Embraer 195, com capacidade para 118 passageiros. Quase dois meses após o início das operações, pediu-se mais duas frequências semanais. Maceió também passou a ser ligada sem escalas a POA, uma vez por semana, também com os Embraer 195. Já o voo para Montevidéu, operado pelos ATR 72-600, com capacidade para 70 passageiros, iniciou suas operações em julho com quatro frequências semanais. Em outubro, passou a ser diário. Nesse mês de dezembro a Azul iniciou as suas operações com os A320NEO, com capacidade para 174 passageiros. Primeiramente, com sete frequências semanais para Campinas. A partir de 10/01 serão mais seis e em fevereiro terão início cinco frequências semanais para Guarulhos.
Nesse ano a Azul também pediu o ínicio das operações para Goiânia. Inicialmente, serão dois voos semanais com os Embraer 195, a partir de fevereiro. A Azul também formalizou pedido para seis frequências semanais para Santo Ângelo, que não são autorizadas por problemas de infraestrutura em GEL.

Gol

A Gol foi muito impactada pela recessão econômica e precisou repensar sua malha. Nesse ano a companhia deu fim aos voos de Porto Alegre para Buenos Aires, Belo Horizonte (Confins) e Montevidéu. Outros voos tiveram forte redução na oferta: comparando os dados de novembro de 2015 com novembro desse ano. O voo para Florianópolis, por exemplo, tinha 17868 assentos ofertados em novembro de 2015.  Em novembro desse ano teve apenas 8202. Já o voo para Guarulhos tinha 34484 assentos ofertados – no mês passado, apenas 21858. Em fevereiro a Gol pediu um voo regular semanal entre POA e Porto Seguro. Em agosto, porém, ela pediu o cancelamento dessa operação.
Mas nem tudo foi ruim para a companhia nesse ano que passou. Em fevereiro, ela deu início a três operações diárias para o Rio de Janeiro (Santos Dumont). Além disso, ela teve um aumento substancial em seus voos para Congonhas. De 34104 assentos ofertados em novembro do ano passado, em novembro desse ano esse número subiu para 41397.

LATAM Brasil



Esse ano também foi amargo para a LATAM Brasil. No entanto, foi um ano de grandes mudanças institucionais, visto que houve a mudança da marca – de TAM para LATAM Brasil. Lentamente, as aeronaves vêm recebendo a nova pintura. Em termos de destinos, porém, não houve mudanças em relação ao ano passado, a partir de Porto Alegre. Houve, porém, redução no número de assentos ofertados. Citaremos as maiores mudanças, comparando os dados de novembro de 2015 com novembro de 2016.
Em novembro de 2015, a LATAM ofereceu 16888 assentos entre Porto Alegre e o Galeão. No mesmo mês desse ano, foram 9910 assentos ofertados. Em novembro do ano passado, foram 36390 assentos ofertados entre Porto Alegre e Guarulhos. Nesse ano, foram 31310.
Uma mudança positiva para a companhia foi o início das operações com o A320NEO em sua malha. E Porto Alegre teve a honra de receber o primeiro voo regular da aeronave na malha da LATAM. Foi, na verdade, o primeiro voo regular de um A320NEO da América Latina! Infelizmente hoje em dia o NEO não opera regularmente em POA.