Como já era cogitado há algum tempo, a American finalmente confirmou, em nota, o fim do voo AA203/204 POA-MIA-POA. Segue a nota na íntegra (via coluna da Marta Sfredo, da Zero Hora):

A American Airlines avalia sua malha aérea e realiza estudos aprofundados, que incluem desempenho de mercado e cenário competitivo, para garantir o melhor aproveitamento de sua frota e tripulação em toda a sua rede de voos e maximizar a sua rentabilidade. Esse extenso planejamento é realizado com um objetivo em mente: torna-se uma companhia mais forte. Como resultado dessa avaliação, a American não irá mais operar voos para Curitiba, a partir de 11 de fevereiro de 2016. No início de março de 2016, a American não irá mais operar voos entre Miami e Porto Alegre (POA). O último voo entre Miami e Porto Alegre será realizado em 2 de março e o último voo entre Porto Alegre e Miami será realizado em 3 de março. A American continua a ser a maior companhia entre dos Estados Unidos e Brasil, com sete destinos atendidos no país: Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Recife, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro

 Fazendo uma análise superficial, podemos dizer que a culpa é apenas da alta do dólar. Porém, avaliando melhor, podemos concluir que o cancelamento também se deve à concorrência (em termos de possibilidade de conexões) com a Copa para a Cidade do Panamá e a Avianca/Taca para Lima. Além, é claro, das frequentes panes, atrasos e cancelamentos, que deram uma má-fama ao voo.
Infelizmente é uma grande perda para Porto Alegre!

Atualizaremos esse post quando a AA pedir a exclusão do voo no Hotran. 

Foto por João Machado